Cartas sem destino

.posts recentes

. Há coisas que não têm de ...

. Deitar fora o passado

. Sinais do Destino

. Não há coincidências ...

. Feliz no passado ...

. Escutar a voz do coração....

. Breve resumo

. Simplesmente Amor ...

. Braços amigos

. Dor do próximo ...

.arquivos

. Março 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

O coração não dói ...

 Can U See Me?

Foto retirada de  http://olhares.aeiou.pt

 

 Pilar andou vários dias angustiada ... com uma sensação que não conseguia descrever ... por um lado era o passado que tinha vindo ao de cima; por outro, aquele jantar tinha mexido com ela. Pensava que todos os momentos que tinha vivido no Campo de Refugiados com João tinham ficado bem arrumados na sua memória, julgou que aquele vulcão emocional que tinha despoletado em Àfrica tinha sido a aventura, a partilha, a entreajuda, o cheiro a terra e a mato, o despertar dos sentidos em terras africanas, a solidão, a fragilidade da condição humana ... quando estava desesperada João tinha sempre um ombro amigo para a acolher, um colo para lhe acalmar as lágrimas, um carinho para a fazer sorrir ... e no fundo, ela tinha-se convencido que era apenas todo o clima daquela missão que tinha feito que os laços deles tivessem ficado tão próximos.

Mas agora tinha constatado que afinal não eram apenas laços, que não era apenas o resultado da solidão, da fragilidade de ambos, mas sim um sentimento mais profundo, uma falta em si mesma que não conseguia explicar ... a sua alma sentia-se só, apesar das atenções redobradas de Isabella que já tinha percebido o caos que a mente e o coração da amiga estavam, o seu coração doía ... mas a sua mãe sempre lhe dissera que o coração não dói ...

Estava apaixonada, mas não poderia estar ... lutava entre a razão e a emoção ... sabia que João era a sua alma gêmea, o homem da sua vida ... mas ele já era de alguém ... e era um pai de familia ... e ela respeitava a familia, os filhos acima de tudo ... destruir um lar jamais ... nem que tivesse de sacrificar a sua própria felicidade!

 

 

 

 

 

publicado por Ennoea às 10:01
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
21
22
23
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds